Noticias

SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA APRESENTA HOJE 19/11 MOSTRA DE CINEMA “IDENTIDADE NEGRA”

Exposição “Preta Pavão”, Desfile “O Grito da Diferença” , Mostra de Cinema – Ponto MIS “Identidade Negra”, rodas de conversa e sarau fazem parte da Semana da Consciência Negra, comemorada na Ilha com arte e cultura, até quinta 21/11 , no Espaço Cultural Plínio Marcos. Realização da Divisão Municipal de Cultura, com apoio do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Projeto Ilha Jovem, APAE e Centro de Convivência da Melhor Idade (CCMI). Acompanhe a programação que é gratuita e aberta à população:

Dia 19/11 – Terça – feira
Mostra de Cinema “Identidade Negra” – Pontos MIS

9h – Filme:”Tito e os Pássaros” – (1h 13min) / Infantil
Sinopse: Um menino e seus dois amigos partem para encontrar a pesquisa perdida do seu pai sobre canções de pássaros, algo que pode salvar seu mundo de uma epidemia na qual o medo adoece as pessoas.

15h – Filme :”Djon África” – (1h 38min) / 12 anos
Sinopse: Sem jamais ter conhecido seu pai, Miguel “Tibars” Moreira, mais conhecido com Djon África, acaba descobrindo que ele mora em Tarrafal e decide aventurar-se, mesmo sem muitas pistas, à sua procura.

19h – Filme :”Besouro” – (1h 35m) / 14 anos
Sinopse: Besouro era o sobrenome do reconhecido capoeirista Manuel Henrique Pereira. O filme conta a história deste órfão que se transformou num dos grandes mestres da capoeira,disciplina criada por escravos africanos que eram proibidos de utilizar armas.

Dia 20/11- Quarta – feira
19h- Desfile `”Grito da Diferença”
III Edição do desfile “Grito da Diferença”, traz – por intermédio da moda – histórias de superação de quinze moradores de Ilha Comprida, mostrando suas lutas e vitórias contra o preconceito, homofobia, identidade, e bulling.

Dia 21/11- Quinta – feira
19h – Sarau `”Consciência Negra”
Aberto ao público para a livre expressão literária e artística sobre o tema “Consciência Negra” Apresentações de dança, música, leitura de poesias, e manifestações artísticas.

Exposição “Preta Pavão”, da artista visual Di Monique Novaes. Exposição prossegue até 21/11 com visitação das 8 às 12 e das 13h30 às 17h.
Sinopse – Série “Pretas” criada em 2018, 20 pinturas em pequenos e médios formatos que retratam mulheres e crianças negras, a força e o sagrado feminino. Olhares, cabeças, expressões que a artista procura em pessoas reais. Pesquisa focada em fotografias de povos africanos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *